Após encontrar restos mortais e ossada humana, o Corpo de Bombeiros encerrou, nesta quinta-feira (20), as buscas por Alisson Ribeiro […]

Pai e filho que estavam desaparecidos são encontrados mortos em Manaquiri

Após encontrar restos mortais e ossada humana, o Corpo de Bombeiros encerrou, nesta quinta-feira (20), as buscas por Alisson Ribeiro Pereira, de 4 anos, que havia desaparecido com o pai, Francisco de Canidé Freires Pereira, de 43 anos, em Manaquiri (a 54 quilômetros de Manaus). As informações são da secretária de Assistência Social do município, Eldilene Alves, que acompanha o caso.

Segundo a secretária, os restos mortais que seriam de Francisco foram encontrados na segunda-feira (17), e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para análise, identificação e para passar por exame de DNA. E, nesta quinta-feira (20), as equipes de busca encontram o corpo que seria da criança, na Praia do Lago Grande, próxima ao município de Manaquiri.

Pai e filho estavam desaparecidos desde o último sábado (15), quando saíram da comunidade Terra Preta, no Lago Grande, com destino a Comunidade Inajá, segundo informações de familiares. Francisco e Alisson saíram de canoa, e no dia, o tempo estava chuvoso na zona rural do município. Eles não conseguiram concluir o trajeto.

Na segunda-feira (17), familiares encontraram a canoa no meio do lago, porém, pai e filho não foram achados no local. Populares encontraram partes de um corpo, sem os membros inferiores e superiores, que suspeitaram ser de Francisco. Outros membros de um corpo humano, que a polícia suspeita ser de Francisco também foram encontrados durante a semana e encaminhados ao IML.

“O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas hoje (quinta-feira), mas a Defesa Civil, a Prefeitura de Manaquiri, por meio da Secretaria de Assistência Social, continua dando apoio às famílias, apoio com logística, traslado, apoio com alimentação, apoio psicossocial para as duas famílias, tanto para a família do pai quanto da mãe da criança”, destacou a secretária de Assistência Social do município.

Ainda segundo Edilene, os corpos encontrados, que possivelmente são dos desaparecidos, foram encaminhados ao IML, mas a família aguarda o laudo oficial.

Com informações: A Crítica

Deixe um comentário