Denivaldo Vasconcelos de Lima,  conhecido como “Lourinho”, 38, foi assassinado com  tiros de escopeta na cabeça, na madrugada desta quinta-feira […]

Integrante do Comando Vermelho é assassinado com tiros de escopeta na cabeça

Denivaldo Vasconcelos de Lima,  conhecido como “Lourinho”, 38, foi assassinado com  tiros de escopeta na cabeça, na madrugada desta quinta-feira (30). A motivação do crime pode estar ligado ao tráfico de droga e briga de facções criminosas.

O crime aconteceu em uma casa no ramal São Francisco do Laguinho,  no quilômetro 33, estrada  AM-070, município de Iranduba (a 27 quilômetros a sudoeste de Manaus), onde a vítima estava escondida.

De acordo com o titular do 31º Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado Raul Neto, Lourinho é integrante da facção criminosa Comando Vermelho (CV) e comandava o tráfico na área do centro, rua Lobo D’almada, em Manaus.

Investigações apontam que ele já estava sendo ameaçado por integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC). Com medo de ser morto, Lourinho foi se esconder em um ramal no Iranduba, mas acabou sendo achado e assassinado no local.

Ainda segundo as informações da polícia, o crime não teve testemunhas, pois aconteceu de  madrugada. Moradores ouviram os disparos de arma de fogo e quando chegaram ao local encontraram o homem morto.

A polícia foi chamada e o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

*Com informações: A Crítica

Deixe um comentário