Acadêmicos da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), localizada na avenida General Rodrigo Otávio, bairro Coroado, zona leste de Manaus, denunciaram o […]

Estudantes da UFAM denunciam restaurante universitário pela má qualidade da comida

Acadêmicos da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), localizada na avenida General Rodrigo Otávio, bairro Coroado, zona leste de Manaus, denunciaram o restaurante universitário da instituição pela má qualidade da comida.

Uma aluna exigiu, por meio de uma rede social, que a universidade se pronunciasse e tomasse uma posição acerca do problema. “Aos responsáveis pelo R.U. [restaurante universitário] da UFAM: Por favor, não sirvam mais comida estragada aos estudantes!”, escreveu.

Em nota, a instituição informou que já se reuniu com a coordenação do restaurante e com a empresa que presta serviços para apurar a situação.

“A UFAM, por meio da Diretoria de Assistência Estudantil (DAEST), esclarece que referente à denúncia sobre a qualidade da alimentação servida no Restaurante Universitário (R.U.) do Campus Universitário Senador Arthur Virgílio Filho, reuniu-se no dia 14 de novembro com a coordenação do R.U. e nutricionistas [da universidade] e da empresa que presta serviços de alimentação para tomar atitudes quanto a esta situação”, informou o comunicado.

A instituição federal relatou ainda que as refeições servidas são avaliadas por nutricionistas. “A Diretoria esclarece que existe controle das proteínas e matérias-primas das quase 3 mil refeições diárias que são servidas no R.U. Todos os dias, as nutricionistas avaliam o alimento a ser servido aos estudantes e emitem parecer técnico, autorizando a distribuição das refeições”, ressaltou a nota.

De acordo com a estudante de mestrado em Engenharia de Materiais da UFAM, Izaura Maria Nogueira, 29, que fez o apelo em rede social sobre as condições das refeições, a situação já aconteceu repetidas vezes e ela, inclusive, já passou mal por ingerir alimentos estragados.

“Estudo na UFAM desde meu primeiro curso de graduação, que comecei em 2007. Desde lá, a comida servida no R.U. é de péssima qualidade. Já reclamei diversas vezes, no entanto, nunca dão ouvidos aos universitários. Nem mesmo os centros acadêmicos se posicionam a respeito. E como uma andorinha só não faz verão… Sai empresa e entra empresa, e a comida continua de má qualidade”, disse a estudante.

*Com informações da fonte: Portal G1 Amazonas

Deixe um comentário