Caroline de Souza Costa, de 25 anos, vítima de feminicídio, morreu após ter sido esfaqueada diversas vezes pelo pedreiro José […]

Jovem morre após ser esfaqueada por pedreiro que a perseguia, em Manaus

Caroline de Souza Costa, de 25 anos, vítima de feminicídio, morreu após ter sido esfaqueada diversas vezes pelo pedreiro José Luiz Melo Lopes, 36. O crime aconteceu nesta quinta-feira (21), em frente à residência da moça, localizada na rua Nossa Senhora de Fátima, bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus.

Segundo informações da Polícia Militar, José Luiz teria cometido o crime porque não aceitava ser rejeitado pela vítima, a quem assediava e perseguia constantemente.

Perseguição

A polícia informou que, no dia do crime, o suspeito estava sob efeito de álcool. Na ocasião, Caroline foi surpreendida pelo pedreiro, que desferiu mais de cinco golpes de faca na mulher, atingindo a região do braço, tórax e abdômen.

A polícia foi acionada e a vítima foi socorrida por agentes militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Caroline foi levada em estado grave até o Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na zona norte, sendo transferida logo em seguida para o HPS Dr. Platão Araújo, situado na zona leste da capital, onde passou por cirurgia. A moça não resistiu aos ferimentos e morreu.

Prisão do suspeito

Após ter esfaqueado a vítima, José Luiz fugiu do local. Minutos depois, o homem foi localizado nas proximidades por Wellington Costa Rodrigues, 34, irmão de Caroline. O autor do crime foi preso em flagrante por policiais militares da 26ª Cicom.

Devido ao fato de estar embriagado durante a ação criminosa, o pedreiro só prestou depoimento oficialmente na manhã desta sexta-feira (22). Sob posse do suspeito foi apreendida a arma utilizada no crime. José Luiz será autuado em flagrante pelo crime de feminicídio.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) determinou que a Corregedoria-Geral do Sistema apure o caso, já que não houve o registro do Boletim de Ocorrência (B.O.) nos DIPs.

Deixe um comentário