O escritor amazonense José Walmir é um dos convidados para participar da XXII Feira Pan-Amazônica do Livro, que acontece em […]

Escritor amazonense fará lançamento de seu novo livro durante evento literário em Belém

O escritor amazonense José Walmir é um dos convidados para participar da XXII Feira Pan-Amazônica do Livro, que acontece em Belém. O evento, realizado no Hangar-Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, de 10h às 22h, teve início no dia 1º de junho e encerra no dia 10 do mesmo mês.

Walmir, que também é professor e economista, fará o lançamento de sua nova obra A Difícil Arte de Ser Eficiente (em um mundo dominado por novas tecnologias).

Em sua participação no evento, o escritor amazonense estará lançando o seu mais recente trabalho, onde ele aborda a eficiência profissional e – como o próprio nome da obra sugere – a busca permanente por eficiência, seja profissional ou pessoal.

A obra literária também retrata que a especialização em uma única vertente de conhecimento se tornou obsoleta em um mundo onde a tecnologia se renova a cada dia, e a capacidade de absorver certas habilidades se torna mais importante que diplomas e carreiras, partindo da perspectiva do avanço da automação do ambiente de trabalho.

Walmir aproveita, também, para refletir o papel importante da criatividade e da capacidade de trabalhar em equipe.

“Hoje, como o livro coloca, carreiras e diplomas já não mais tão importantes, pois você tem que desenvolver uma série de habilidades que são mais importantes que diplomas e cursos na hora que se pretende conseguir um emprego qualificado, até porque mesmo os empregos semi-qualificados estão todos sendo automatizados”, frisou.

O autor também promete discutir sobre o papel do homem num mercado de trabalho cada vez mais automatizado. “O que sobra para os humanos num mundo onde a automação se torna uma realidade cada vez mais massificada? Resta a estes trabalhar naquelas áreas que as máquinas não conseguem competir, ou seja, em áreas que exigem mais criatividade, mais habilidade, capacidade de cooperação, de entendimento e de reflexão sobre aquilo que faz”, comentou.

Gestão eficiente e liderança efetiva

O livro também fala acerca da capacidade de gestão e liderança que, segundo o escritor, é uma das coisas mais difíceis de se desenvolver.

“As empresas estão loucas atrás de pessoas com grandes níveis de conhecimento técnico, mas que também tenham espírito de liderança, que consigam colocar conhecimentos, habilidades e atitudes num sistema de gestão eficiente, principalmente por meio da liderança efetiva”, avaliou Walmir.

Conhecimento

O autor acredita que o conhecimento é a essência do trabalho no mundo moderno, contudo, ele não é tudo. “Conhecimento por si só, não é muita coisa, ele é a maior parte. Além dele, é preciso ter a capacidade de aplicá-lo de forma estruturada nas nossas relações da vida, nas relações familiares e de trabalho. O conhecimento é supervalorizado, mas ele precisa ser canalizado para alguma atividade que seja útil para nós e para a sociedade”, ressaltou ele.

XXII Feira Pan-Amazônica do Livro

A Feira Pan-Amazônica do Livro consiste num evento em que reúne escritores, obras literárias de todo o Brasil, além de música e stands de autores independentes. O objetivo da feira é fomentar a leitura e a reflexão.

A organização do evento entende que um país só pode se desenvolver a partir da educação, uma vez que, a pessoa que exercita a leitura e é capaz de refletir sobre o que leu, está apta a adquirir conhecimento e entender a dinâmica do mundo moderno, bem como potencializar esse conhecimento e transformá-lo em ferramenta de mudança da própria realidade e da sociedade como um todo.

Deixe um comentário